sexta-feira, junho 21, 2024
InícioSaúdeO que gêmeos idênticos podem nos dizer sobre a dieta vegana?

O que gêmeos idênticos podem nos dizer sobre a dieta vegana?

A dieta vegana tem sido um assunto de grande interesse nos últimos anos, com muitas pessoas buscando uma alimentação mais saudável e sustentável. No entanto, ainda existem muitas dúvidas sobre a eficácia e os benefícios dessa dieta em comparação com a dieta onívora convencional. Para esclarecer essas dúvidas, um novo estudo realizado pelo Centro de Pesquisa de Prevenção de Stanford, nos Estados Unidos, decidiu analisar gêmeos idênticos para determinar o impacto de diferentes tipos de dieta na saúde humana.

Estudando gêmeos

(Fonte: GettyImages)

O estudo foi realizado com o auxílio do Stanford Twin Registry, uma base de dados de gêmeos fraternos e idênticos que concordaram em participar de uma série de pesquisas. Dessa forma, os pesquisadores conseguiram recrutar 22 pares de gêmeos idênticos para participar do projeto. Ao analisar dois indivíduos com a mesma genética, os investigadores puderam remover impactos significativos da influência dos genes e da educação nas respostas humanas.

Análise de dados

(Fonte: GettyImages)

Para garantir que todos os participantes desfrutassem de uma alimentação saudável e balanceada durante o estudo, os pesquisadores utilizaram um serviço de refeições durante as primeiras quatro semanas de estudo, ofertando café da manhã, almoço e jantar todos os dias. Depois disso, os participantes foram encarregados de preparar suas próprias refeições, embora um nutricionista credenciado estivesse lá para apoiá-los.

Os resultados foram extremamente positivos para os veganos. Exames de sangue para níveis de insulina, colesterol de lipoproteína de baixa densidade (LDL-C) e pesagens foram realizados em três momentos do estudo. Depois de um dos gêmeos se tornar vegano, todos os três marcadores foram significativamente reduzidos. Por exemplo, o nível ideal de LDL-C é inferior a 100 e, após oito semanas, a dos participantes veganos caiu para 95,5 enquanto a dos gêmeos onívoros subiu para 116,1.

Em geral, os gêmeos veganos também perderam em média 4,2 kg a mais do que seus irmãos ao longo do estudo. Além disso, uma dieta vegana pode conferir benefícios adicionais, como aumento de bactérias intestinais e redução da perda de telômeros, o que retarda o envelhecimento do corpo.

No entanto, nem tudo são notícias ruins para o outro lado da moeda. Segundo os pesquisadores, os gêmeos onívoros também observaram melhorias na saúde por meio de uma dieta balanceada — embora menos dramáticas. De acordo com os pesquisadores, independentemente de ser vegano ou não, o estudo ressalta a importância de incluir mais alimentos vegetais em uma dieta.

Conclusão

Em suma, o estudo realizado pelo Centro de Pesquisa de Prevenção de Stanford demonstra que uma dieta vegana pode ser uma opção mais saudável do que a dieta onívora convencional. No entanto, é importante ressaltar que uma dieta balanceada e saudável é essencial para a boa saúde, independentemente do tipo de dieta escolhida.

E você, já experimentou a dieta vegana? O que achou? Deixe sua opinião nos comentários!

 

Veja Mais

POPULARES