Como funcionam os robos de busca do Google, Bing e outros buscadores?

0
270
Como funcionam os buscadores e os robots de busca do Google
Como funcionam os buscadores e os robots de busca do Google

Começaremos então, daqui por diante, entender como funcionam os buscadores e os motores de busca do Google, Bing, Yahoo, Duck Duck Go, etc.

A saber, no Brasil, o Google já representa cerca de 95% dos resultados de busca. Por isso, é preciso aprender a explorar ao máximo o uso do SEO on-page.

E mais, saber como utilizá-lo sem cometer excessos, (Black Hat) e ser penalizado, tirando das técnicas de SEO o melhor proveito para posicionar seu site à frente da concorrência.

Como o Google rastreia os sites e como funciona a indexação?

Como funcionam os robos de busca do Google, Bing e outros buscadores
Como funcionam os robos de busca do Google, Bing e outros buscadores

Os motores de busca, apesar de parecerem complexos, tem 2 funções básicas para cumprir, o processo envolve basicamente:

  1. Rastrear toda a WWW, (World Wide Web), para descobrir conteúdos e construir um índice de páginas, sites, e todo tipo de conteúdo digital, para exibi-los nas paginas de pesquisas.
  2. Fornecer aos internautas uma lista destes sites e páginas, consideradas ‘relevantes’ pelos algoritmos de busca nas pesquisas, para atender o que as pessoas estão procurando.

E como eles fazem isso? O Google por exemplo, faz através do Googlebot, que não é nada mais é do que um ‘super software’ usado para rastrear as páginas publicadas em toda a web.

O processo também é chamado de crawler, spider ou bot, (uma versão encurtada para o robot).

Este super software faz uma busca em toda a rede mundial, procurando por novas webpages, conteúdos de todos os tipos e atualizações, visitando página porpágina por meio de seus links publicados na web.

No caso do Google, o Googlebot consegue examinar praticamente todo o conteúdo das páginas pelas quais ‘passou’.

Porém, ao bots ‘priorizam’ alguns elementos, como: a URL, o título, subtítulos, fotos, (atributos Alt e Tilte), links para páginas internas e externas e tudo mais o que estiver em formato de texto.

E, esta parte é a que mais nos interessa! Por isso fique atento a todos os detalhes. Para isso, vamos ressaltar a importância de usar todos estes elementos de forma correta, parte importante de SEO on-page, para deixar seu conteúdo do jeito que os robôs ‘gostam’.

Como é o processo de indexação de páginas do Google

No processo, estes conteúdos são adicionados ao índice do Google, (e outros), no que é conhecido como indexação, ficando depois, armazenados num banco de dados, onde ficam guardadas informações de bilhões de outras páginas da internet.

Como num grande supermercado, de forma bem organizada, disponíbilizados de acordo com cada tipo de conteúdo, (lembrando que cada buscador têm os seu próprio sistema de bot, indexação e armazenamento).

Usamos o Googlebot como referência, por ser específico do Google, o maior e o mais usado buscador da atualidade, usado atualmente em praticamente todo o mundo.

Vale lembrar, que fazer SEO onpage, ou off-page de forma incorreta, principalmente cometendo excessos, pode não só afetar negativamente o posicionamento de seu site, como pode fazer até mesmo que você seja ignorado e até banido pelos buscadores.

Então, se você está iniciando agora no mundo do SEO, antes de aprender sobre SEO onpage, é preciso conhecer as diferenças básicas entre os dois tipos de SEO.

Leia no próximo artigo: Diferenças entre SEO on-page e SEO off-page

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui