segunda-feira, junho 17, 2024
InícioCuriosidadesSeis filmes que distorceram a verdade ao alegarem ser 'baseados em fatos...

Seis filmes que distorceram a verdade ao alegarem ser ‘baseados em fatos reais’

Muitas vezes, ao iniciar um filme, somos recebidos com a afirmação de que a história é inspirada em eventos reais. Essa tática é comum para atrair a atenção do público, especialmente quando se trata de enredos bizarros, cheios de aventura ou terror, que prometem impactar os espectadores desde o início.

No entanto, a realidade por trás dessas declarações nem sempre é tão clara. Alguns filmes apenas usam eventos reais como ponto de partida para criar suas narrativas, enquanto outros simplesmente exageram ou distorcem os fatos para efeito dramático.

Ao longo dos anos, várias produções foram desmascaradas por sua falsa alegação de serem baseadas em histórias reais, e muitos deles certamente já cruzaram o seu caminho, seja assistindo diretamente ou ouvindo falar deles. Aqui estão seis filmes que se apresentam como baseados em fatos reais, mas que, na realidade, tomaram liberdades significativas com a verdade.

Vamos conferir!

6. Invocação do Mal

O filme Invocação do Mal é inspirado em pessoas e eventos reais, mas os eventos assustadores são exagerados para aumentar o terror. Os investigadores paranormais Ed Warren (Patrick Wilson) e Lorraine Warren (Vera Farmiga) são reais e lidaram com vários casos sobrenaturais, embora os elementos mais aterrorizantes do filme sejam ficcionais.

5. Terror em Amityville

Já em Terror em Amityville, o enredo se baseia em uma casa onde ocorreram assassinatos reais, mas as atividades sobrenaturais retratadas são fictícias. A falta de acesso fácil à informação na época permitiu que muitos acreditassem nas histórias inventadas pelo filme.

4. Fargo

Fargo também alega ser baseado em fatos reais, mas na verdade, sua trama é uma combinação de vários eventos fictícios, admitidos pelos criadores após o lançamento para criar uma narrativa única.

3. O Regresso

O Regresso, embora tenha elementos baseados em fatos, exagera em sua narrativa para adicionar drama. A história de Hugh Glass é real, mas muitos eventos dramáticos são fictícios.

2. A Bruxa de Blair

A Bruxa de Blair usa uma estratégia de marketing pesada para criar uma aura de autenticidade ao apresentar imagens supostamente reais, mas o filme é totalmente fictício.

1. Contatos de 4.º Grau

Contatos de 4.º Grau é outro exemplo em que o filme tenta se passar por um documentário, mas é puramente ficcional ao retratar eventos de abdução alienígena que não têm base na realidade.

Veja Mais

POPULARES